“Prece pelos espíritas”, de Luiz Sérgio no livro “Rios de Oração”

Oh, meu Deus! Dai aos obreiros da Doutrina Espírita a humildade, o amor e a paz, tornando-os dignos de pronunciar o Vosso nome e o de Jesus. Peço-Vos, Senhor, não os deixeis perdidos no caminho do fanatismo nem no da mentira. Dai a cada médium, a cada freqüentador de uma Casa Espírita o cajado da responsabilidade, porque somos todos capazes de gestos de bondade. Não os deixeis gritando “Barrabás!” nem lavando as mãos como Pilatos. Se alguns deles ainda possuírem na alma o ódio de Herodes, fazei, Senhor, com que a brisa do esclarecimento da Doutrina dê às suas almas uma nova concepção de vida doutrinária.

Senhor, fazei com que as Casas que se dizem espíritas não se preocupem tanto com os desencarnados, mas que a cada dia busquem secar as lágrimas dos que choram, levantem os caídos e curem as almas sofredoras.

Senhor, dai também ao meu Espírito a força e a luz suficientes para me tornar um digno trabalhador da Vossa seara, a fim de que eu possa abraçar a cada irmão com carinho e respeito e lhe oferecer o que tenho de mais sagrado: o grande amor provindo de Vós, meu Senhor amado.Assim seja!

Pelo Espírito Luiz Sérgio
Do livro “Rios de Oração”
Psicografia: Irene Pacheco Machado

Compre esta e outras obras na nossa livraria online: www.rema.org.br/loja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *